Não é a noite de Natal e nem a virada do ano que irão prejudicar o andamento da sua dieta. Modere nos demais dias, faça atividade física e beba bastante água, assim seu corpo se encarregará de eliminar os excessos naturalmente.

 

Confira algumas dicas de como curtir essa data sem pesar na balança e nem na consciência:

1) Peru: geralmente a estrela da ceia, essa carne possui uma proteína magra que não tem erro! Opte por aves ainda não temperadas, uma vez que o tempero caseiro pode ser feito por você na véspera. A melhor opção é comprar um produto orgânico e fazer a sua própria marinada com temperos naturais no dia anterior;

 

2) Salada: inicie a sua refeição com um prato de salada rico em folhas verdes, pois auxiliam da desintoxicação, o que pode ser muito interessante, principalmente para quem sabe que acaba cometendo exageros na ingestão de comidas e bebidas alcoólicas durantes essas datas comemorativas;

 

3) Farofa: tipicamente Natalina, pode ser reinventada para reduzir o alto teor de carboidrato. Para isso faça metade da receita com farinha de amêndoas e a outra com farinha de mandioca sempre evitando versões industrializadas;

 

4) Acompanhamentos: arroz à grega, batatas etc. Será que são acompanhamentos realmente necessários? Pense no horário da ceia, não precisamos de uma refeição tão pesada nesse horário. E sabemos que o verdadeiro motivo da ceia de Natal é o encontro, e não a comida em si. Portanto, mude o foco para as companhias e os momentos com as pessoas que você ama, e não tanto na comida;

 

5) Oleaginosas: nozes, amêndoas, castanhas enriquecem pratos e melhoram sua densidade nutritiva. Além disso podem servir de aperitivos, apenas cuide com as quantidades, pois por serem tão nutritivas, são bem calóricas também;

 

6) Doces: não tem jeito, o doce estará presente em 99% das Ceias Natalinas. Se você não quiser trocar a sobremesa por uma fruta fresca, fique com uma porção pequena do seu doce preferido e saboreie devagar. Curta o momento;

 

7) Panetone: este é um alimento a ser evitado uma vez que é rico em carboidratos, açúcares e gorduras. Com isso, para quem está buscando perder, peso ele pode adiar o processo;

 

8) Frutas: frutas da estação são sempre bem-vindas! Cerejas frescas, por exemplo, são frutas tipicamente Natalinas e são indicadas para quem está querendo controlar o peso. Para quem quer perder peso, as frutas secas podem ser uma excelente opção para fugir das sobremesas açucaradas;

 

9) Bebida alcoólica: o álcool é sempre algo a ser evitado. Entretanto, se pretende exagerar na bebida, controle a ingestão de alimentos, principalmente os ricos em açúcares e carboidratos;

 

Além dessas dicas, a ceia Natalina pode ser preparada em casa, evitando alimntos industrializados e garantindo a qualidade dos ingredientes. Preparar a comida ainda confere um toque de amor à sua ceia, pois comida Natalina está sempre carregada de lembranças, cultive isso com seus familiares e deixe de herança para as gerações futuras!

 

Taisa Petry
Nutricionista – CRN3 43192
Pós-graduada em Nutrição Esportiva e Treinamento Físico

No comments so far.

Deixe uma resposta